sexta-feira, 26 de julho de 2013

todo pasa


Tudo na vida são fases, né? Tudo passa. As coisas boas e ruins. É aproveitar e não se apegar mesmo, porque, sério, não adianta.

Está acabando a minha fase noiva. Este é o último final de semana que passo solteira! Então está acabando a razão de ser deste blog também, que era pesquisa de referências das coisas lindas que vi por aí.

Não sei se isso é uma despedida. Vai que eu fico louca para postar algo semana que vem... Mas não creio. Já estou doida é pra chegar a hora, viver o ritual, fazer a passagem, entregar o meu amor e a minha fé àquele que me proporcionou senti-los tão intensamente. E, ululante, curtir um monte com o tanto de gente que gosta de nós. Aiai...

Sei que o blog vai ficar aberto neste universo virtual para, quem sabe, ajudar uma ou outra noiva que se disponha à dedicação que é (ou pode ser) construir um casamento. Acho que neste o blogroll está bem bom e as tags foram feitas bem direitinho.

Fase boa terminando. E fase melhor ainda chegando!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

recomendo

e deste um ano de pesquisas e preparativos, meus top 3 blogs:

Casarei
Muuuuuuita imagem = muuuuuuuuita idéia. Bem sem preconceito. 

Vestida de Noiva
100% nacional moderninho. Casamentos possíveis com todo tipo de orçamento. E muita historinha de amor.

Love my Dress
Pro meu gosto, os vestidos e os looks mais cheios de personalidade. Mas já aviso logo que meu gosto tem bem pouco de tradicional.

amei o look e a vibe desta japa





daqui.

o olhar amoroso

do donttouch: moderno e ainda romântico.





quinta-feira, 18 de julho de 2013

quero um amor pra vida inteira

ando tão chorona, minha gente. qq emoção vira um balde. jesus!

fui ver este post aqui sobre comemoração de 60 anos de casados de um casal fofo e...

terça-feira, 16 de julho de 2013

na pixta!

Dicas engomadinhas de como animar a pixxxta de dança: aqui.

Mas depois da despedida de solteira, onde minhas amigas conseguiram criar balada na chapada, acho que isso deixou de ser uma preocupação.

é demais

foi demais a viagem! foi demais ter tanto amor envolvido nesses laços de amizade!
é demais voltar para casa e ter tanto amor me esperando!
e a festa? a festa vai ser demais também! amor demais!


sexta-feira, 12 de julho de 2013

amizade é quase amor

Ou é muito amor? Eu amo minhas amigas, viu? Entre outras, porque elas fazem coisas carinhosas do tipo me mandar este texto aí abaixo. E dedicar um fim de semana de suas vidas pra passar o rito da despedida de solteira comigo. Partiu Chapada, mulherada!!!!!
 
JÁ ANOITECEU!

Fabrício Carpinejar

O tempo passa rápido para os outros, não para vocês que estão casando. O tempo está vivo em vocês. Minucioso. Detalhista. Obcecado.

É como ficar o dia inteiro em casa. E, de repente, perceber que anoiteceu.

"Já anoiteceu!" é uma das expressões mais bonitas. Já anoiteceu significa que não controlamos as horas. Já anoiteceu é sinônimo de alegria, de esquecer o que há lá fora por aquilo que carregamos dentro.

Casar é anoitecer. É quase a perguntar: “Como chegamos aqui?”

Eu respondo: Vocês não notaram. Apaixonados, não se preocuparam com a janela. Vocês anoiteceram. Um olhando o outro. Preocupados apenas em um olhar o outro.

Está noite lá fora enquanto sempre é manhã para os dois.

Parece que foi ontem, parece que foi na próxima semana, parece que acabaram de se encontrar.

O amor torna tudo sempre recente. O mais antigo é também agora.

Lembro de uma história de meu avô. Ele era do interior do estado e visitou os filhos na capital. Perante uma escada rolante, não vacilou, como todos faziam na época. Subiu, desajeitado, cuidando para não enroscar os longos cadarços na esteira movediça.

Seus filhos, espantados com a coragem, logo perguntaram:

- Como você não teve medo?

Ele respondeu de bate-pronto, sem modéstia:

- Ora bolas, nada demais, na viagem de carro eu sou a escada rolante da paisagem.

Quando amamos, não reparamos os degraus; somos a escada.

É certo que todos vão envelhecer, menos ele para ela e ela para ele. Guardarão a imagem intocável da primeira vez que se observaram.

Não vão envelhecer, porque o amor perdoa o tempo. As rugas, os vincos, os cabelos grisalhos, nada disso virá para quem ama. Não virá porque um dia ele olhou para ela e se convenceu: nunca mais vou esquecê-la. Ela olhou para ele e se bastou: nunca mais vou esquecê-lo. E aquele rosto apanhado em segredo - como uma água-forte – é uma espécie de resistência.

Vocês podem esquecer que existiram, mas nunca poderão esquecer que se amaram.

Podem esquecer qualquer coisa, até a si mesmos, mas nunca mais poderão esquecer que se amam.

O rosto de um é a promessa de outro. Quando vocês acariciam suas feições, tocam em palavras. E palavras de amor não podem ser apagadas, nem corrigidas. Palavras são destinos.

Tentem escolher uma única lembrança alegre de vocês. Descobrirão que será difícil selecionar. Não há como escolher, não é que faltem lembranças boas, sobram lembranças boas, e ambos não desejam injustiçar nenhuma delas.

Na verdade, a memória do casal tornou-se uma só recordação. Ininterrupta. Perdas, festas, intimidade, risos, suspiros, brincadeiras, dores, superações, tudo está junto. Misturado.

Quando se ama alguém, ama-se a vida inteira daquela pessoa. Inclusive o que não se viveu.


quinta-feira, 11 de julho de 2013

the wedding do fim de semana

Parece que rolou uma festa super luxo aqui em Brasília neste fim de semana. Tão luxo que saiu no Constance.

Bem tradicional, mas sem perder na emoção. Olha que delícia os noivos:




E que lindura as mães dos noivos:



Aiai...

* * *

E vale a pena ver o ensaio completo do Bruno Stuckert no site dele. O cabra é foda mesmo!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

no dos outros

Amor chama amor, né?
Agora parece que todo lugar que eu vou uma mulher quer desabafar comigo seus encontros e desencontros amorosos. Escuto com muito carinho e atenção. Sinto seus desejos no peito, suas dores nos olhos, suas ansiedades nas mãos.

Vejo outra coisa em comum que me preocupa: o descompasso entre o que se está disposta a dar e o que se quer receber.
- Ele não me ligou.
- E você ligou pra ele?
- Eu quero que ele se mostre apaixonado, entregue, todo meu.
- E você demonstra o quê?
- O erro é/foi dele.
- Sim, percebo que este foi o erro dele. E o seu, qual foi? Ou o que você aprendeu para fazer diferente da próxima vez que não quiser ser alvo do mesmo erro?

Não sei tudo. E, aliás, sei muito pouco. Resultado do que vivi e senti. Mas se tem uma coisa que já aprendi neste rami-rami de relacionamento é que a gente não muda o outro, a gente só muda a nós mesmos. Tem uma frase do Einstein mais ou menos assim: insanidade é fazer tudo igual e esperar resultado diferente. Não está satisfeita com sua vida amorosa? Faça de um jeito novo! Quer chegar a um lugar nunca antes visitado? Escolha seu destino e desenhe seu mapa.

Sim, é simples assim!

* * *


A ESPOSA SURDA

Um velho telefona ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher.

A secretária pergunta:
- Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Ela não ouve quase nada.
- Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la para cá, faça um teste para  facilitar o diagnóstico do médico.

Sem ela olhar, o senhor, a certa distância, fala em tom normal, até perceber a que distância ela consegue ouví-lo.
E quando vier, diz ao médico a que distância o sr. estava quando ela o ouviu.
- Certo?
- Está certo.
À noite, quando a mulher preparava o jantar, o velhote decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação à mulher.
E pensou:
"Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora"
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Aproxima-se a 10 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Fica a uma distância de 5 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, puta que pariu... merda, já a quarta vez que eu te respondo! 
NORMALMENTE
,
NA VIDA, PENSAMOS QUE AS DEFICIÊNCIAS SÃO DOS OUTROS E NÃO NOSSAS!!

"É fácil julgar, difícil é aceitar os nossos erros."


sexta-feira, 5 de julho de 2013

estou achando bem deselegante

gente fazendo cara feia ou deixando de falar um simples "bom dia" porque já percebeu que não vai ser convidado pro casório.

Se tem algo que é complicado na organização de um casamento é a tal lista de convidados, viu? Mistura muito sentimento e razão na hora de fazer. Por um lado, a gente gostaria de chamar tooooodo mundo; por outro, rola aquela vontade de só ter por perto quem a gente ama muito e nos corresponde na mesma intensidade. E no que tange à razão, fazendo uma conta bem por cima, o custo de um convidado não sai por menos de R$ 300,00. Resumindo: não quero e não dá pra chamar todo mundo que já passou ou passa na nossa vida.

Mas também não dá preu querer contar com a compreensão geral, né? Acho que alguns se envolvem demais no sentimento de rejeição - esta dorzinha que nos incomoda a todos. Talvez, se simplesmente parasse pra pensar no sentimento que tem por mim (nós), na proximidade ou intimidade que (não) temos...

Ainda bem que está chegando!!!

Vou ali arrumar as malas da lua de mel pensando no Sol que hoje não veio.

quero repetir esta foto!


vestido de festa em bsb

Acompanhei o sofrimento de madrinhas e mães de noivos para encontrar um vestido legal por um preço honesto. Acho que o povo em bsb não tem muita noção do que isso significa. Evito comprar roupa por aqui - o que muitas vezes me leva a uns excessos de bagagem na volta das viagens, sempre recompensados num futuro breve. Ultimamente, estou descobrindo as compras online = perigo à vista! E impressionada como o Google e o Facebook rastreiam todos os seus gostos e ficam fazendo eles pularem na sua cara incessantemente. Olha o que o FB me recomendou hoje: http://www.thecelebritydresses.com/. Parece que vale à pena...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

é muito bom

casar maduro, seguro e sabendo o porquê da nossa escolha.
é muito difícil descrever tudo isso em palavras. já escrevi meus votos mil vezes na cabeça, antes de dormir, logo depois de acordar, em passeios rotineiros, em grandes eventos, no meio das minhas meditações... quero ver a hora de botar no papel... quero ver a hora de falar tudo isso...


aprendendo

na reta final, doida pra chegar a hora...

curti bastante este texto aqui que fala sobre o que aprendemos nesta fase de preparativos.

a minha cara foram estes dois:

lacotwitter Valorizar mais quem gosta de você. Casamento é uma etapa tão cheia de amor, que envolve tanto investimento de tempo e dinheiro, que passamos a valorizar mais quem também nos enche de amor. Às vezes aquele amigo que você nem considerava tão amigo assim é o que mais vai te oferecer ajuda com o casamento, que vai ficar feliz e curtir com você. Depois que o stress e ansiedade passam, você consegue valorizar mais os familiares e amigos que mais dedicaram amor no dia do seu casamento. Lógico que depois que tudo passa também aprendemos a importância do RSVP, em dar um bom presente, em oferecer ajuda para outras noivas… rs!
lacotwitter Cuidar mais de você mesma! É verdade que toda noiva é linda, afinal ficamos lindas quando apaixonadas. E justamente por estarmos apaixonadas, cuidamos mais de nós durante essa fase: regime, idas ao dentista, procedimentos estéticos para o rosto, mais ginástica e alimentação balanceada para estar maravilhosa no grande dia. Nos sentimos melhores, mais saudáveis e aprendemos a manter a rotina assim depois de casadas.

foi muito bom perceber quem realmente fica feliz com a nossa felicidade e quem a gente achava que era super amigo, mas, sei lá, estava em outra fase...

e foi maravilhoso experimentar todas as intervenções estéticas que sempre quis. além de perder um tanto de peso que andava carregando à toa e em malefício da saúde.

para a cerimônia da igreja

falta exatamente um mês!!!!